CAM com a amiga peituda

Categoria: 

O conto de hoje apesar de ser sexo virtual é uma experiência prazerosa e mais excitante que muitas transas quentes que já tive.

Eu me chamo Caio, tenho 23 anos, moreno, cabelo baixo, um pouco acima do peso, e com belas coxas grossas que minha amiga adora, minha amiga se chama Jessica e tem 23 anos, pele parda, cabelos encaracolados, e mega peituda.

Nós temos uma boa amizade, onde falamos de tudo, isso acabou abrindo espaço pra falarmos sobre nós mesmo e pedirmos opnião ao outro, assim tendo uma opnião do sexo oposto sobre qualquer assunto, eu as vezes olho as fotos dela e nao tenho como deixar de prestar atenção em seus seios, pois sâo muito grandes e fartos, pois desde cedo ela se desenvolveu muito bem como mulher.

Certo dia eu tomei coragem e perguntei sobre os seios delas, se os rapazes olhavam muito no seu decote e se ela gostava, logo ela me disse que ter seios grandes não era muito bom, pois sentia dores nas costas, e os rapazes olharem deixavam ela com vergonha, ela falava bastante de sexo, mas quando se referia a si mesmo ela fica meio repreendida. Com o tempo nao consegui me segurar e passei a falar mais de seios, até que tomei coragem e elogiei os seios delas, que pra minha surpresa ela agradeceu e disse ter gostado do elogio, eu estranhei a reação e imaginei que ela pudesse estar com tesão naquele momento por ter aceitado o elogio, logo falei com eu era fascinado com eles a algum tempo, mas não havia comentado por respeito a ela, ela falou q ja tinha percebido isso de mim e que não achou ruim, nisso eu aprofundei e disse que esse tempo todo eu a imaginava de sutiã, e ela pra minha surpreende dizendo q estava de sutiã naquele determinado momento e eu pedi pra ver pela câmera, de inicio ela falou que nao sabia se mostraria e eu continuei falando deles até que ela topou ligar a câmera. Logo de cara ela ja apareceu com o decote na câmera e eu deixei aparecer a imagem do meu rosto, logo quando vi ela de sutiã fiquei admirando, pois era bem maior que o decote das fotos em redes sociais, depois conversamos muitos e entramos no assunto de sexo e naquele dia não deu outra, entramos na putaria e acabei ficando de pau duro e ai sem falar nada coloquei minha câmera filmando meu pau duro, ela assustou, elogiu e ficou molhadinha na bct, entrou na brincadeira de vez, acabou por tirar o sutiã e aqueles big peitos ficaram livres e ela os acariciava enquanto eu tocava uma punheta gostosa, senti um tesão absurdo como poucas vezes senti e ficamos nos tocando por bons minutos e foi unica a sensação de nos exibir assim pela primeira vez, ela pediu pra eu gozar, e gozei pra ela ver, jorrando porra em toda minha mão e ela foi tocar uma siririca, porém só vi a expressão de seu rosto e ela se contorcendo no prazer, até que a danada gozou e depois disso desligamos as câmeras, falamos do que tinha acabado de fazer e ao invés de ficarmos com vergonha talvez por nunca ter feito isso e sermos amigos, foi ao contrário, ficamos mais íntimos e acabamos por fazer mais coisas gostosas sem perder a raiz da amizade, amigos são pra essas coisas.

Em breve conto outra das nossas histórias, essa foi apenas o primeiro contaro sexual que tivemos.

http://www.casadoscontos.com.br/texto/201701681

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter

Comentar