Conto apaixonado

Categoria: 

Aquele sábado fui pra balada querendo me divertir, não fiquei pensando muito na roupa que ia usar, não caprichei muito na maquiagem, não estou bebendo...Mas estava ali dançando, curtindo cantando, rindo com cada ser mais chato que chegou puxando conversa...Ando sem paciência com pessoas chatas e pouco objetivas...

Estava com algumas amigas, entre uma ida e vinda delas ao bar, eu observava um homem delicioso dançando sozinho...Minha primeira impressão foi de “moreno, alto, forte, charmoso...Jovem, muito novo pra mim” ... Nossos olhares se cruzaram algumas vezes...Eu fiquei com vontade de encarar mais, mas fiquei com vergonha, intimidada por tamanha beleza e gostosura...

Decidimos ir embora...Pra sair, precisei passar na frente dele...

Ele me pega pelo braço, me segurando! OBRIGADA SENHOR! Um homem sem conversa mole e soube me pegar!

Meia dúzia de palavras, talvez uma dúzia e ... Beijo delicioso, com mordidas e chupadas no lábio...Eu abracei, que corpo duro! Vontade de enfiar minhas mãos embaixo da camiseta, dentro da calça... Homem, que tesão!

Eu era a motorista da vez, um conflito entre ficar e levar minhas amigas em segurança pra casa...

Vou embora! Ele me puxa com mais força pelo braço! Ficamos mais uns 10 minutinhos e tchau! Ele pegou meu telefone, mas imaginei que fosse só um ritual a ser seguido...Mas ainda “se usa” isso? Sou recém separada, perdida no mundo onde as pessoas procuram pessoas em aplicativos...Relações que vivem de touch, mas é touch screen!

Dirigindo para aquele bando de mulher curtidas na cerveja...A notificação com nome e sobrenome do gostoso salta na tela do meu celular...Uma, duas, três, quatro! Opaaaaaaa!!!! Acho que alguém interessou! Puta que o pareeeeeeeo! Aquele homem delicioso está querendo me pegar mais um pouco! Em um misto de “quero pra caralhoooo esse cara” e “a nossa diferença de idade vai foder com tudo”, pergunto a idade...A resposta chega no final da manhã, uma diferença de 12 anos e um comentário de “pouco importa” me faz empolgar.

Domingo como outro qualquer se não fosse aquelas notificações de mensagem que molhavam minha calcinha...As conversas no WhatsApp começam a ficar quentes...Vamos nos encontrar! Necessidade!!!!

“Vou te buscar”! Oi? Esse cara é diferente! Ou ele é um “novinho” a moda antiga...

Estou amando tudo isso.

Ele chega com seu cavalo branco...Ops!!rs...O carro branco tem licença poética para os contos de fadas, ou Sa-fadas! Rsrsrs

Entrei no carro com música alta, ele é movido a música, um homem com trilha sonora que toca rock, eletrônica e love songs...Começo a me apaixonar e já estou nos braços fortes, tatuado e aconchegante dele de novo...Beijos quentes, mordidinhas e ...Uma vontade louca de abrir a calça dele e chupar aquele homem! Não fico na vontade! Aiquecaralhodurogostosodaporra! Cai de boca mesmo, ele meteu o dedo na minha buceta ...Eu fui de vestido pq sou uma cadelinha safada e estava louca por aquele cacete...Seguimos para o motel...

Chegamos com um tesão louco!

“Senta no meu caralho”! Obedeci!

Rebolei, gozei gostoso e gemi alto na garagem do motel...Deliciaaaaaaaaa

Subimos para o quarto e ele me joga na cama e vai chupar minha boceta!! Ele afastou a calcinha, segurou minha bunda como quem segura um pedaço de pizza na mão e come com vontade! Ele chupava puxando meu grelo com força, língua ágil...Gozei! Sim de novo!

Ele tira a minha roupa e a dele...Que homem gostoso!! Grande, forte, lindo, meu! Ele começa me foder de todas as formas!! Sem pedir licença mete na boceta, na boca, na bunda... Fode com força e alta frequência...O suor dele exala perfume de homem que fode com vontade! Gozei em todas posições! Que tesão da porra!! Seguimos para o banho...Banho gelado! Ele é perfeito! Sem mimimi! O “menino” é um “homão da porra”! Entre declarações de um cara romântico, beijos de um pegador e chupadas na buceta de um tarado, tomamos um banho delicioso pra descansarmos um pouco, certo? Errado! Lá estava eu novamente sendo conduzida por aquele homem delicioso...De pernas abertas e sendo fodida com força eu agradecia o universo por aquele momento!! Boceta, bunda, boceta, bunda...boca...Sem muitas regras de “ordem de chegada” ele dominou meu corpo!! Que delícia de homem...E entre um gozo e outro eu escuto “linda”, “vou me apaixonar”, ele é muito carinhoso...Não vai dar certo...

Saímos do motel e fomos comer algo...Entre atitudes de homem de verdade, aqueles que fazem questão de pagar a conta...(Foda-se a vaca que queimou sutiã em praça pública! Eu gosto de homem educado a moda antiga!) ele desceu do carro e pegou na minha mão, passou o jantar me beijando, acariciando minhas mãos, elogiando meu jeito... Adoro demonstração explicita de carinho...Dormi nas nuvens...

Terça, o meu homem voltou pra me buscar! Estacionou o carro na porta de casa, desceu do carro e ficou lindo, gostoso, cheiroso de braço cruzado, como nos filmes mesmo, vestindo o melhor sorriso! Me recebeu um abraço, sussurrei pedindo controle na frente da minha casa, mas o que eu mais queria era aquele beijo na boca mesmo! Beijo que aconteceu na outro esquina e durou aquele dia inteiro...Antes do nosso almoço de comida e banquete sexual, ficamos nos pegando no trânsito de São Paulo e namorando na Rua 25 de março...Eu nunca beijei tanto na vida! Ele me abraça, pega no colo, aperta, finge que é meu namorado! Eu adoro tudo isso!! Um passeio na 25 de março não é legal? Rs...Eu gosto da simplicidade feliz dos momentos mais inusitados. Gosto de gente de verdade! Gente que demonstra carinho sem medo do amanhã...Gente que vive o agora. Foi uma tarde inesquecível...Estava precisando de carinho...Uma mulher recém separada de um casamento de muitos anos, busca liberdade! Queria experimentar tudo o que “não vivi” nos últimos 22 anos e me machuquei muito! Liberdade é muito bom, sexo sem compromisso também...Mas o vazio das relações, os medos em demonstrar sentimentos sempre me irritaram e entristeceram. O dia ao lado do menino mais delícia que conheci, resgatou uma meninice minha, relembrei o tempo em que demonstrar sentimentos é bom, carinho é delicioso e foda-se o amanhã! Aquele dia vai ficar marcado na minha vida! Não importa o que vem depois, só quero agradecer o carinho, cuidado, atenção. Obrigada por me fazer menina! Eu andava muito descrente do mundo de relações descartáveis, da busca de prazer a qualquer custo! Sexo por sexo, por mais fodástico que seja, é vazio. Sexo com carinho, mesmo com tapas fortes na minha bunda, com puxão de cabelo...É cheio! E entre o copo meio vazio e o meio cheio, escolho o cheio! Quero esse sexo que me beija na boca, que bagunça meu cabelo, que me come com olhar, que eu peço pra parar depois da enésima foda unbroken e ele não para (que homem do caralho!!!), que sorri satisfeito quando goza na minha boceta, quando a porra enche minha boca de sorrisos...Menino, quero sua porra nutrindo a menina que os anos consumiram! Cuida de mim com carinho, eu já me machuquei tanto...Não importa quanto tempo vai ficar...Em menos de uma semana você me fez feliz e o que mais importa nesta vida são os momentos felizes.

Leu até aqui, se decepcionou com o conto...Cadê a “intensa” de contos fortes e ousados? Rs...Ela está recebendo carinho...E carinho não exclui sexo safado, sujo...Intensa está sendo bem comida e bem tratada! Nada como vigor e disponibilidade de um homem de 26 anos.

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201712431

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter