Comendo a Amiga da minha esposa. Um sonho realizado

Categoria: 

Comendo a Amiga da minha esposa. Um sonho realizado

Olá sou o Fernando tenho 40 anos 1,72 95 kg pela clara, olhos castanhos claros, cabelo escuro. Sou casado a 10 anos e tenho um casal de filhos.

O que aconteceu é um sonho realizado. Temos em nosso ciclo de amizade mais próximos a nós um casal que por convivermos muito e gostarmos muito deles e eles de nós e de nossos filhos, são padrinhos dos nossos pequenos. Ele se Chama Jorge e ela Juliana. Ele tem 40 anos 1,75 110 kg moreno claro e ela 32 anos morena clara, 1,62 58 kg.

Sempre nos reunimos para jantarmos ou churrasco algo do tipo. E sempre venho observando os dois discutindo muito e por pouca coisa. As últimas vezes que nos encontramos venho observando Juliana sempre com shortinhos muito curtos e blusinha coladinhas mostrando seu delicioso corpo. Ela sempre me dando umas encaradas mais até aí tudo normal.

Semana passada ela me chamou no whats e fomos conversando normalmente. Percebi que ela estava precisando desabafar e deixei ela confortável para fazer isso. Ela falou tudo sobre o relacionamento dela e aí entendi o porque das brigas. Ela disse que estava muito cansada e que precisava de férias de tudo.

Conversei muito com ela aconselhei muito para ter calma, afinal ela tem família e os filhos como ficariam. Ela pensou e disse que estava certo. Conversa vai, conversa vem e ela perguntou se não iriamos viajar com eles para praia esse final de ano, pois todo ano eles vão. Disse que não daria por conta do meu trabalho que não terei folga.

Ela brincou dizendo que ainda bem que aí não teria que ver ela no projeto leitão. Ri muito e disse para ela parar com isso que ele é muito bonita e tem um corpo lindo, que não vejo gordura nela. Ela perguntou se eu estava falando sério, disse que sim. Outro dia fomos ao clube e vi seu corpo e realmente está com tudo em cima e não tem gordura nenhuma. As pernas são lisinhas e firmes, o bumbum redondinho e firme, e o restante sem comentários. Ela riu muito e disse que sou muito gentil. Respondi que não, sou muito sincero. Ela me disse que sempre gostou da minha sinceridade.

Nossas conversas foram ocorrendo durante a semana e já estava percebendo que ela estava mais animada e feliz. Perguntei se as coisas haviam melhorado em casa e ela disse que a felicidade era porque estávamos conversando todos os dias e tinha alguém que a entendia e aconselhava, deixando-a bem e feliz. Achei muito bom poder ajudar uma pessoa que considero tanto.

Na sexta feira pela manhã como de costume começamos a conversar, ela disse que estava sem nada pra fazer no trabalho que estava um tédio. Que se continuasse daquela forma a tarde tiraria de folga. No meu trabalho também estava muito parado, nada pra fazer e eu já folgaria a tarde mesmo. Aí brinquei com ela, está com inveja pois eu não vou trabalhar hoje a tarde. Ela riu e disse que somos muito folgados. Só que eu não havia falado pra minha esposa que folgaria a tarde.

Juliana me perguntou o que eu faria a tarde, eu disse que não havia programado nada ainda e nem havia falado nada em casa. De imediato ela me propôs não falar nada que ela tb não falaria pois ela queria sentar e conversar umas coisas comigo. Eu disse que tudo bem e fiquei meio preocupado com o que seria a conversa.

Combinamos de encontrar na empresa que trabalho pois só estava eu nesse dia, para podermos conversar melhor. Almocei em casa normalmente e voltei para empresa; as 13:00 em ponto ele me chamou no whats dizendo que estava na porta. Abri e ela entrou, estava com um shortinho jeans branco bem curtinho e uma regatinha rosa clara, sandália, cabelos ainda molhados do banho que havia tomado, um batom cor da pele, um perfume maravilhoso. Não resisti e soltei um UAU, caprichou heim? Ela me olhou sorrindo e disse que bom que gostou. Sabia que vc iria me elogiar. Afinal você é o único que tem me elogiado ultimamente.

Entramos sentamos na minha sala e começamos conversar, perguntei o que ela queria falar comigo e ela disse que estava muito feliz por termos nos aproximado dessa forma e que estava se sentindo feliz, uma mulher desejada novamente, pois como ela havia dito ultimamente os elogios que tem deixado ela sentindo desejada tem partido de mim. Falei para ela que acho ela muito linda e muito gostosa. Quando vi já tinha falado.

Ela se levantou e veio para o lado da minha cadeira olhou nos meus olhos e me deu um beijo molhado e demorado. Sentei ela no meu colo e continuamos nos beijando como se fossemos dois adolescentes. Um tesão tomou conta do meu corpo e eu já não estava conseguindo segurar. Passava as mãos por suas pernas, apertava seus seios e ela gemia gostoso. Falei no ouvido dela para irmos a um motel que tem perto da empresa. Entramos no carro dela e fomos. Foram os 5 minutos mais longos da minha vida.

Chegamos no motel, ao abrir a porta ela estava na minha frente. Peguei ela por trás fui beijando seu pescoço e apertando ela contra meu corpo para sentir o meu pau duro em sua bunda, ela se virou me beijou e desabotoou minha calça. Colocou a mão dentro da minha cueca e começou a punhetar meu pau. Que delícia. Comecei tirando sua blusa e seus seios saltaram na minha frente. Que peitos lindos. Tamanho médio, bem firme, bicos pequenos e rosados. Mordi e chupei com vontade. Abri seu shortinho e pude sentir sua calcinha minúscula já molhada de tesão. Tirei a calcinha e tive a visão maravilhosa daquela mulher nua na minha frente. Simplesmente um tesão. Somente um filetinho bem fininho de pelo.

Deitei ela na cama e continuei beijando sua boca, chupando seus seios e massageando sua bucetinha que estava muito molhada. Ela me beijava e gemia tão gostoso, parecendo uma garotinha. Coloquei o dedo em sua bucetinha que estava muito quente. Comecei e meter nela com o dedo enquanto chupava seus seios. Ela gemeu alto e estremeceu seu corpo em um orgasmo forte e gostoso.

Ela me deu um beijo bem gostoso, já toda mole. Fui beijando seu corpo que ainda tinha uns espasmos. Beijei sua barriguinha sequinha, desci por suas pernas, subi até sua buceta, que estava toda molhada do seu gozo e que cheiro bom ela tinha. Comecei beijando os lábia da sua buceta e em seguida comecei a chupar seu clitóris e sugar seu gozo. Ela começou a gemer e dizer que tava gostoso demais. Quanto mais eu chupava mais liquido escorria. Coloquei um dedo dentro e chupei com vontade. Ela apertou meu rosto contra sua buceta e gozou, jorrando jatos na minha boca. Que gozo delicioso. Ela gozou muito e demorado. Eu chupei tudinho, deixando-a louca de tesão.

Ela me jogou na cama, tirou minha calça com cueca junto. Quando meu pau saltou ela deu um suspiro arregalou os olhos e sorriu. Eu olhei e meu pau tava tão duro e grosso que eu nunca tinha visto ele daquela forma. Juliana pegou meu pau e começo a chupar com tanta vontade que quase gozei na boca dela. Mas eu queria gozar com ela. Ela subiu em mim. Posicionou meu pau na entrada da sua buceta e foi descendo. Que buceta apertada, uma delícia. Ela descia devagar e me olhava com carinha de safada. Quando entrou tudo ela começou a rebolar devagar pois eu sentia que não havia espaço dentro daquela bucetinha para meu pau movimentar, meu pau não é grande tenho 16cm mais é bem grosso. Ela começou subir e descer devagar e o tesão foi a mil. Ela acelerou a subida e descia. Jogou seu corpo para frente e me beijava enquanto subia e descia. Que delícia. Que buceta gostosa. Ela me beijou forte e contraiu sua buceta no meu pau, e gritou que estava gozando. Gozou e se deitou sobre mim como se apagasse. Fiquei naquela posição e comecei e colocar tirar meu pau. Acelerei os movimentos e ela se levantou me olhou e se levantou. Deitou na cama, levantei suas pernas e coloquei meu pau de uma só vez. Não entrou fácil mais foi até as bolas baterem em sua bunda.

Comecei e socar com força e vontade, sentindo meu pau ir bem fundo, ela gemia e dizia que tava bom demais, que tava com muito tesão. Acelerei a metida e não aguantei, gozei bem gostoso no fundo de sua buceta. Dei um beijo gostoso nela, deitei ao seu lado e ela me beijando e fazendo um carinho em meus cabelos. Ficamos ali abraçados um tempinho recuperando o fôlego. Fomos tomar um banho, sempre nos pegando, beijos e passadas de mãos.

Juliana começou me chupar no banheiro e meu pau ficou duro novamente. Peguei ela nos braços e encaixei no meu pau. Comecei subir e descer ela bem rápido no meu pau. Ela abraçou meu pescoço e começou a ajudar com os movimentos. Comecei a meter de baixo pra cima e ela a descer. Nossos corpos batiam um contra o outro sobre a água do chuveiro, fazia um barulho alto. Estava muito gostoso naquela posição. Sentia meu pau todo dentro dela, ela gemia tão gostoso e dizia que estava com muito tesão.

Saímos do chuveiro, coloquei ela sobre uma bancada que havia lá. Ela entrelaçou suas pernas em minhas costas e eu fiquei de frente pra ela com meu pau todo dentro daquela buceta maravilhosa metendo com vontade e beijando aquela mulher que sempre desejei. Meti forte e rápido e logo ela gozou no meu pau.

Fomos para a cama. Coloquei ela de quatro e coloquei meu pau de uma só vez, arrancando um gemido alto. Ela pediu para meter bem forte pois ela adora essa posição. Obedeci e metia com muito força. Apertava aquela bunda maravilhosa que muitas vezes sonhei. Ela rebolava, olhava pra trás e pedia. Mete, mete gostoso e goza junto comigo. Aquilo me deixava louco de tesão. Peguei ela pelo quadril e colocava tudo dentro e o tesão tava demais. Ela gemia cada vez mais, ela colocou o rosto no travesseiro e empinou ainda mais sua bunda. Meti maias rápido, logo ela aos berros me disse que tava gozando, senti as contrações de sua buceta no meu pau e gozei junto com ela. Tirei meu pau de dentro dela. Deitamos na cama molhados de suor e ficamos nos olhando.

Eu não acreditava que estava ao lado daquela mulher linda e maravilhosa que sempre tive um desejo imenso. Fomos tomar um banho, recheado de muito beijos, abraços e carinhos, como se fossemos namorados. Saímos do banho nos secamos, deitamos na cama e ficamos conversando um pouco. Perguntei o que havia levado ela a tomar essa atitude. Juliana me disse que a muito tempo observa meus olhares para ela e que ela sempre sentiu uma atração por mim, mais nunca imaginou que eu tb sentia por ela. Eu disse que a muito tempo eu a desejo e que foi um sonho o que aconteceu.

Ela me disse que o sexo no casamento dela estava como uma obrigação e que a muito tempo ela não tinha um orgasmo como teve comigo. Aliás alguns e com muito intensidade. Reclamou que as preliminares são muito rápidas e que o marido dela tem o pau grande e que machuca ela na profundidade, pois ele é fino. Juliana me disse que ela amou nosso sexo e que quer mais. Eu fiquei feliz demais com isso pois eu tb vou querer ela sempre que puder.

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter

Comentar