O PÉ e a MAÇÃ do AMOR

Categoria: 

Eu estava nu deitado na cama quase adormecendo....de repente, sinto o seu pézinho bem cuidado acariciando suavemente os pêlos do meu peito..

Abro um dos olhos e fico admirando ela toda nua e aquele pé com as unhas pintadas com um esmalte na cor maçã do amor, que eu gosto muito e que por sí só, me dá um tesão danado...huumm..bem sugestivo.

E o pé sobe bem devagar até a minha boca. Não resisto e dou beijos e mordidas suaves, mas a minha vontade era mesmo de comê-lo.

Fazendo o caminho de volta, ele desce devagar acariciando o pescoço. Posso sentir a sua maciez e o seu perfume. E o tesão só vai subindo. Me escuto gemendo a cada milímetro percorrido com aquelas carícias.

Quando o pé volta a acariciar os pelos do peito a excitação é grande..percebo que o meu pau vai endurecendo e ela vai descendo até o umbigo onde se detém mais demoradamente nas carícias. Permaneço de olhos fechados experimentando a sensação.

Ela faz leve círculos e continua a explorar cada milímetro..huummm....que tesão...as sensações de prazer estão estampadas em meu rosto....estou de olhos fechados e espero por mais..por onde seguirá o pé ??

Ele desce até o meu pau que já está muito duro. Sente a glande e desce e sobe, mas ele não fica só no pau, ele quer mais, sente as bolas, faz massagens, eu dou um gemido alto de prazer com o pau latejando de tesão. Eu me contorço e me arrepio todo como se tivesse levado um choque.

Ela passa os dedos por sua xoxota que está melada e coloca os dedos em meus lábios para que eu prove o seu sabor. E volta com as carícias com os pés descendo por entre as minhas pernas. Sinto muito tesão na parte interna das coxas.

Ela se senta entre as minhas pernas afastadas e começa a me masturbar com os dois pés !!! Estou explodindo de tesão....uma verdadeira "pEnheta", uma "pEnheta" que me leva a loucura e eu falo: não para, não para e imploro para acelerar mais. Meu sangue começa a "ferver". Mas a brincadeira não poderia terminar assim.

Ela não queria que eu gozasse tão rápido. Ainda não. Seu pé se beneficia da posição e chega no meu ânus passando o dedão pelas minhas pregas. Ahhh, vou ao êxtase e me abro mais para q o dedão continue as carícias. Uma verdadeira "tortura"!

Sentindo que eu estava totalmente entregue, percebo ela mudando de pisição. Eu permanecia com os olhos fechados, gemendo baixinho de tesão e sinto um dedo da sua mão explorar as minhas pregas e me penetrar suavemente, bem devagar massageando a minha próstata.Era tudo que eu queria, ao mesmo tempo em que sinto a sua língua quente e úmida circulando a cabeça do meu pau.

Mas se continuássemos assim eu logo iria gozar e ela, percebendo isso, cessa as carícias deitando ao meu lado. Eu a agarro com força e vou deslizando meu pau por sua boceta "encharcada". Nossos corpos suados se fundem em um vai e vem frenético, as bocas se procuram com as línguas entrelaçadas e posso sentir o calor da sua boceta apertando o meu pau. Ela aperta e eu a penetro mais me levando à loucura.

Ela pede para ficar de 4 na beira da cama. Me posiciono por trás, metendo loucamente enquanto a seguro pela cintura. Enfio um dedo em seu cú bem devagar porque é apertadinho.

Ela geme alto e diz ..."estou goozzaannnddoo...e eu também sinto uma lava fervendo saindo e queimando o meu pau, como se fosse um vulcão entrando em erupção e finalmente inundando as suas entranhas..gozamos juntos... um gozo quente e loonngoo...ela cedeu os joelhos e caí sobre ela....ficamos um bom tempo agarrados, fundidos no suor e calor de nossos corpos e "dopados" pelo prazer.

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter

Comentar