Esposa dando perdido na balada com amiga

Categoria: 

Olá pessoal,no último conto, ou no penúltimo, eu comentei que estaríamos no camarote Gold do carnaval de Uruguaiana, pra quem não conhece, venha conhecer, e quem conhece sabe o padrão que é, bom vamos ao fato: fomos no sábado, que é o melhor dia, tava lotado, só gatas, e a minha era uma delas é junto com nós foi outro casal, mas eles são só amigos, minha esposa foi com um vestido cheio de brilho e super maquiada, salto alto e tal, uma delícia, lá dentro tocava música eletrônica, entre outras e na avenida o desfile das escolas de samba.

Minha gata tava muito atraente, mas havia muitas deusas lá, e começamos a beber, tomamos todas, e as vezes ela é a amiga iam no banheiro e demoravam, quando elas saiam eu já percebia que os caras caiam matando, mas eu tbm dava minhas voltas, num momento desses percebi que elas demoraram e fui atrás, e então vi elas conversando com uns caras, a amiga da minha mulher apresentou ela pra esses caras, fiquei olhando e vi que elas falaram que depois voltavam...

Voltei para o local onde estava e uns 40 minutos depois elas voltaram, rindo, e cochichando. Não esquente seguimos bebendo e alguns minutos depois elas saíram novamente, como estávamos todos bêbados, ela já nem me avisava quando saia, e não dei bola, e assim foi até o final, ela só dando perdido...

Voltamos pra casa e dormimos.

No outro dia a noite ela foi pro quarto e me esperou pra dormir, quando entrei tocava um funk no celular dela é ela estava deitada de costas, de calcinha fio dental apenas, tenho fotos se quiserem, fui pra cima dela, comecei a beija-la e ela me jogou pra baixo e foi pegando uma camisinha de tutifruti, colocou no meu pau e começou a mamar, depois me colocou por cima e falou no meu ouvido "sou safada né" você sempre me chama assim, quer me ver foder com outro, vc aceita, me perguntou ela, na hora meu pau ficou mais duro, ela seguiu falando isso é eu seguia fodendo a buceta dela, então perguntei você ficou com alguém no carnaval né, ela riu e disse você quer mesmo saber, insisti mas ela não disse, e continuou me perguntando se eu aceito dividir ela com outro, perguntei se ela queria isso é ela disse que sim e riu, então gozei de tesão, mas segui fode do, dei um beijo gostoso nela e falei no ouvido dela, aceito te dividir, você conheceu vários caras aquele dia né, ela consentiu com a cabeça, gozei mais uma vez e ela disse que agora já era, não seria mais só minha, fodemos até as duas da manhã e ainda dormi de pau duro sabendo que ela vai dar pra outro...

Ctt fontenele-larissa@bol.com.br

http://www.casadoscontos.com.br/texto/201703712

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter

Comentar