Inexplicável!

Categoria: 

Era sábado de sol quente e céu azul, e se tornaria no melhor sábado de minha vida, fazia uma semana que nos conhecemos através de um chat, com uma distância de 444 km, começamos a flertar entre o desejo e a realidade, entre a dominação e a subserviência, que lhe rendeu o apelido carinhoso de Doninho, durante a semana conversamos pouco , pois nossos horários divergiam, já era fim da tarde quando o aplicativo de mensagem toca o som personalizado que faz de longe saber que era ele . Tudo se iniciou com amenidades do dia a dia , brincadeiras de duplo sentido e Futebol, até que um simples comentário de estar chupando sorvete por conta do calor ,desencadeou o diálogo mais puro de emoção e sentimento , e a perfeita sincronia de palavras e sensações, um momento puro e ingênuo do desejo de estarmos juntos, a música que me apresentou tocava ao fundo um rock sedutor e me instigando a lambuzar seu corpo por inteiro, me deixando levar pela volúpia , devagar fui descrevendo cada passo a ser dado no no caminho do desejo de chupar aquele que estava me.enloquevendoq, com um caminhar de quatro pela cama , e a intenção explicita no olhar, lambendo como uma gata, seus pés,pernas,coxas e virilha, sentido o cheiro de seu sexo, passando meus lábios caprichosamente em suas bolas , deixando que meus seios e sexo fosse tocando sua perna , enquanto envolvia minha boca com prazer ,sugava, deixando tocar em minha garganta até eu salivar , e lamber toda a sua extensão com tesão, sentia suas veias em minha língua, alisando suas coxas , recebendo o seu carinho em meus cabelos , precionando minha cabeça , cada vez chupava com mais força, arranhando meus dentes , enlouquecida cada vez mais de desejo, envolvo mais ainda e olho pra você , mostrando toda minha dedicação e tesão por ele , vendo em seus olhos a satisfação que consigo proporcionar , suas mãos mexiam docemente nos bicos dos meios seios endurecidos , estava muito gostoso chupar e me derretia cada vez mais de tesão, continuei subindo até encontrar sua boca , com seu sabor em minha boca e num beijo molhado e com você me puxando , apertando meu corpo no seu, nos encaixamos de frente pra, e deslizo ,sentindo você dentro de mim, sua boca em meus seios, sua mão acariciando meu sexo , me sinto sua por inteiro, subindo e descendo, num ritmo que me tira a respiração, me sinto sua mulher , implorando por seu gozo , e explodo num orgasmo fenomenal, e nessa hora que percebo o quanto intenso foi nossa conversa, estava mole, cansada e satisfeita de ter tido meu Doninho, abri os olhos e a distância se fez presente, deitada ainda queria seus braços pra descansar , com seus dedos delineando meu corpo, até adormecer , já não consegui mais falar com ele, estava satisfeita, completa e cansada, é como se o meu anjo fosse meu amante mais perfeito. Agora só quero meu Doninho mais e mais!

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201802818

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter