O primeiro pau da minha vida

Categoria: 

Antes de tudo, peço pra me seguirem lá no instagram sz sempre tô lá conversando com vcs e rola até umas fotos minhas *-*

@pamela69nath

Eu estava na sétima série quando isso aconteceu, o primeiro (de muitos)pau que toquei na minha vida!

Bom, sou a Pamela, mas gosto que me chamem de Natasha, era bem novinha na época e namorava escondido um menino da minha sala, Gustavo o nome dele eu acho, não lembro bem, era só beijinho sabe, mal tinha língua... coisa de crianças mesmo kkk enfim, um dia, meu tio que na verdade era primo, mas por ser bem mais velho que eu, acho que tinha uns 26 anos na época, considerava como tio, acabou descobrindo esse namorico... fiquei nervosa,ele descobriu pq viu um bilhetinho que eu tinha escrito pro menino, não sei onde ele achou, acredito que eu tenha deixado cair na casa da minha avó, enfim... Eu tava lá na casa dessa avó passando o fim de semana e ele tbm tava lá, aproveitou um momento q tava sozinha na sala pra falar sobre o que tinha descoberto... mano, fiquei muito nervosa e com medo dele falar pra alguém, mas ele prometeu q não falaria, só queria saber sobre o garoto, o que a gente fazia e essas coisas... perguntou se já tinha rolado algo além de beijos e eu disse que não, era verdade eu era nova e não tinha esse fogo todo ainda...enfim, só tava eu, ele e minha avó na casa, minha avó tava dormindo no quarto dela e eu tava no sofá da sala, ele tava na cadeira de balanço que tbm fica na sala, ele se levanta e vai a cozinha voltando com um copo de sorvete pra mim e um pra ele, mas agora ele senta no sofá também... ele me da o copo e segue pergubtando aobre meu namoro...insistia em pergubtar se tinha tido algo a mais, parecia não acreditar na minha resposta, ele pergunta então

-Ele nunca tentou pegar nos teus peitos?

-Não, juro, só rolou beijo mesmo

-e se ele tentasse?

-Só na hora pra saber, mas sei lá... respondi sem saber o que dizer na hora

-Tu já sentiu ele excitado?

-Como assim? Respondi sem entender direito a pergunta

-O pau duro, já sentiu? Ele insistia nisso kk

-Não kkk credo

-Kkk pq credo?

-Sei lá mano, nunca pensei nisso kk

-Entendi... ele me olhava estranho

-Tio, o que vc tem? Tá estranho...

-Nada... Só fico aqui imaginando como deve ser vcs dois juntos... vc já sentou no colo dele pra se beijar?

-Que? Como assim? Beijar sentada no colo dele? Não não...

-Mas vc sabe como que eu tô falando? Vc sentada em cima dele...

-Acho que eu sei sim... mas não lembro de ter ficado assim, pq?

-É o melhor jeito de beijar...

Dei a ultima colherada no sorteve e coloquei o copo no chão...

-Tio, vou pegar mais sorvete o senhor quer?

-quero sim.

Levantei e fui pegar outra rodada de sorvete pra gente, quando cheguei parei na frente dele que tava sentado no sofá pra entregar o copo dele, ele segurou minha mão e disse

-Pamela, se eu pedir uma coisa tu guarda segredo? Mesmo que vc não queira fazer, promete que não conta pra ninguém

-Sei lá, o que é? Eu prometo... eu juro que não tava ligada nas intenções dele ainda

-Me mostra como vcs ficam?

-Como assim? Fiquei nervosa e gaguejei um pouco... o que vc quer tio?

-Senta aqui no meu colo e me beija...

-Ta louco tio? Mano, se a vó pega a gente? E mesmo assim eu não sento no colo dele não... a gente sempre fica em pé

-Por isso pedi segredo, a vó ta dormindo e ela não vai pegar a gente... se eu ficar em pé vc me beija? Prometo que é só um beijo

-Mano... sei não eu fico com medo de dar merda. Ele se levanta ainda segurando minha mão...

-Só um beijo... fala já aproximando a boca da minha...

Eu fecho os olhos e ele me da um selinho... meu beijo era assim nessa idade, uns selonhos com a boca um pouco aberta sem muita língua... ficamos nisso e ele me solta e senta...

-Agora vem no meu colo pra eu te mostrar como é que eu tava falando...

Não pensei muito e sentei toda sem jeito de frente pra ele, coloco minhas mãos no seu pescoço e voltamos a nos beijar. .. logo a mão dele ta na minha cintura, deslisa um pouco e para na minha bunda... eu nada faço... ele começa a beijar meu pescoço e sobe pra minha orelha.... arrepiei legal na hora... ele começa a apertar minha bunda enquanto chupa meu pescoço...

-Tio... a vó vai pegar a gente...

-Vamo no quintal então... a gebte continua lá. Ele disse sussurrando no meu ouvido, eu levanto e vou na frente e ele vem logo em seguida...

Chegando no quintal ele me agarra pela cintura e se inclina com as costas na parede pra ficar um pouco mais baixo e eu assim poder alcançar sua boca... nos beijamos mais um pouco e ele começa a deslisar a mão pelo meu corpo, até que do nada agarra meu peito direito, eu tava com uma blusa branca leve e de sutiã,ele fica ali amassando meu peito enquanto a gebte se beija, a outra mão ele segura a minha mão e vai levando lentamente em direção ao pau dele...no início minha mão ficou parada lá, eu tava muito nervosa e não conseguia mexer... ele novamente segura minha mão e pressiona contra o pau dele e pude ai sentir que tava duro... ele fica pressionando e fisso eu abro a mão... pela primeira vez na vida eu apalpo um pau, mesmo que por cima da bermuda dele... ele desce a boca dele até meu peito que tava sendo amassado pela mão dele e levanta a blusa e o sutiã, na hora eu até tentei impedir, mas eu não sei pq deixei e voltei a apalpar seu pau toda sem jeito...ele chupou meu peito com muito carinho e vontade ao meamo tempo...era a primeira vez que aquilo acontecia na minha vida... tava curtindo mas era uma sensação muito estranha... logo minha mão já tava dentro da bermuda dele, o primeiro pau que a gente segura nós nunca esquecemos... eu não sabia o qie fazer com aquilo na mão então eu só apertava mesmo... ele me chupava os peitos e eu apertava seu pau, ele parou de chupar e voltou a me beijar e depois disse no meu ouvido

-Chupa meu pau vai...

Eu me afastei um pouco ainda nervosa

-o quê? Sei fazer isso não cara... pqp mano o que a gebte ta fazendo? Eu ria de muito nervosa

- Chupa vai... se eu por sorvete nele vc chupa?

Lembrei que os copos de sorvete que eu havia levado pra gente eatavao nesse momebto no chão da sala...

-beleza, pega lá que eu chupo.

Ele foi e rápidos e quando voltou tirou o pau pra fora... eu nunca tinha visto um pau na vida... eu tava muito, mas muito nervosa... meu coração pulava rápidos no meu peito... era clarinho, tinha uma cabeçona vermelha e era cheio de veias...

-Eu tô muito nervosa cara kkk pqp meo, não acredito que a gente ta fazendo isso...

Ele pega o copo e derrama o sorvete no pau... notei q na hora ele arrepiou, acho que porque tava gelado o sorvete né

Eu fui toda sem jeito e me abaixei na frente dele e segurando suas coxas tentei chupar... juro que não entrava tudo na boca, fiquei mais chupando a cabeça mesmo, lambia e chupava, botava a cabeça na bica e prendia puxando e fazendo barulho quando saia da minha boca... vez ou outra ele colocava mais sorvete... Depois de um tempo eu seguro no pau dele e tento por mais do que a cabeça na minha boca, mas me engasgava toda vez que tentava então resolvi ficar na cabecinha mesmo kk

Fiquei lá uns minutos e depois de muita chupada ele começa a se masturbar e diz pra eu ficar de boca aberta... Não demorou e ele meteu porra na minha cara, inclusive na minha boca e derramou mais sorvete junto mandando eu engolir, eu engoli e quase cuspo tudo pra fora, não curti o sabor kkkk mas curti a safadeza eu não vou mentir... aliás até hohe eu não sei o que sentir sobre esse dia, foi muito estranho... por um tempo eu achava que tinha sonhado aquilo... enfim, foi estranho...

Espero que tenham curtido amores

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201803543

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter

Comentar