O reencontro

Categoria: 

Era uma noite se sexta, já nos falávamos a pouco mais de um mês a vontade louca já havia me consumido inteira.

Faziam pouco mais de 4 anos que não nos víamos; era um mix de saudade com curiosidade louca.

Eu ia havia me masturbado umas 3 vezes nesse dia, numa vontade louca que me dava medo e muito tesão.

Fomos pra um motel legal, o qual ainda não conhecíamos, ele já estava bravo por conta dos meus atrasos corriqueiros.

Mas o tesão falou mais alto.

Entramos e mal nos falamos, pisquei e ele já estava nu.

Aquele corpo lindo, perfeito... Aquele pênis já gritava de tão rígido...

Não pensei duas vezes e já engoli cm por cm com muita euforia e desejo, eu amo chupar aquele pau, cada parte, enfia-lo inteiro dentro da boca e chupar por bons minutos aulas bolas lisas e deliciosas.

Não demorou muito e eu ajoelhei, continuei mamando aquele pau, como se não precisa-se de mais nada...

Depois ele gozou tanto na minha cara que eu não aguentei, engoli boa parte, ela porra quente, com um gosto muito único.

Parecia que aquela dose de porra tinha sido feita pra mim.

Logo fumamos um cigarro e aquele pau já estava ali, pronto pra me foder...

Sentei naquele homem e rebolei muito gostoso, esse pau inteiro socado em mim, pulsando... Não demorou muito eu já tinha gozado gostoso, enquanto continuava rebolando...

E só de pensar que essa foi a primeira transa de outras várias que tivemos nessa noite (...)

Foram várias e várias gozadas seguidas, muito tesão envolvido, nosso corpo grudado, muito beijo molhado, suor, gemidos e muita, mais muita energia mesmo.

Esse cara é excepcional, consegue explorar o seu corpo inteiro fazendo com que você sinta tesão em cada toque...

Transamos muito, fodemos com vontade, senti fortemente o seu pau pulsando em mim, numa explosão muito enérgica de porra... Ele gozou em mim mais de uma vez, sentir sua porra escorrendo pela minha vagina é algo surreal...aquela porra quente e doce...

Amanhecemos juntos e o que sobra é a vontade de ter esse homem novamente um dia.

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201801617

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter