Sexo com o colega de trabalho

Categoria: 

Percebi que algo estava diferente na forma como meu colega de trabalho me abraçava... Encostava mais, suas mãos deslizavam pelo meu corpo, especialmente quando fui com um body super sexy por baixo do uniforme.. Ele ficou curioso pra saber o que era.. Apertou minha cintura (aonde o body era trabalhado em renda) pra sentir a textura... Mas não falou nada!

Cheguei a comentar pra ele o quanto estava ruim minha vida sexual.. Que meu noivo me penetrava, mesmo eu estando seca.. Que mesmo que estivesse dormindo ele me possuía e aquilo machucava.. E não estávamos fazendo com tanta frequência.

Enfim, ele me confidenciou que estava dormindo na sala..

Meu noivo foi visitar a família, e ficou pouco mais de uma semana fora! O pessoal do trabalho marcou de ir tomar uma cerveja durante a semana, e eu fui.. Porém na realidade, só apareceu eu, ele, e mais uma colega..

Como ela tem uma filha pequena, foi embora cedo, e eu e ele ficamos conversando e bebendo... Quando nossos olhares se cruzavam, eu ficava sem graça, ele também desviava o olhar.. Acredito que o pensamento era o mesmo naquele momento.

Decidimos ir embora e pegar um Uber pra dividir a corrida.. Eu estava feliz com a bebida, e ele estava incrivelmente sexy, com o tom de voz, a maneira como tocava minha cintura ao me conduzir para dentro do carro... A voz rouca..

Já dentro do carro, ele disse que ficaria preocupado por eu ter que dormir sozinha.. Que, como eu não estava acostumada a beber, não saberia se eu passaria mal ou não.. Enquanto falava, eu sentia meu corpo mole, e quando o carro fez uma curva brusca, cai em cima dele.. Nossos lábios ficaram próximos.. Eu ia pedir desculpas, mas ele colocou a mão na minha nuca, segurando meu cabelo longo que estava solto, e me deu um beijo.. Um beijo exigente, quente.. Sua língua percorreu meus lábios delicadamente e eu me entreguei, apesar do susto...

Continuou me beijando até que puxou minha cabeça para trás e falou no meu ouvido que me desejava.. Que me ensinaria como se faz de verdade!

Antes que eu pudesse pensar, o motorista informou que havia chegado em casa e meu colega prontamente pagou e desceu, me ajudando a sair do carro..

Subimos a escada do meu apartamento em silêncio.. Porém em nenhum momento ele tirou sua mão do meu quadril. Eu estava tensa.. Nunca havia traído.. Mas estava muito excitada.. Não conseguia raciocinar direto.

Antes que eu conseguisse abrir a porta, ele me pressionou contra a parede, e eu senti um volume duro e latejante no meu bumbum.. Ele beijou a nuca, o pescoço.. E subiu as mãos lentamente para meus seios.. Gemi baixinho e ele tirou as chaves do AP da minha mão e abriu a porta..

Começamos a nos beijar com intensidade.. Ele me tocava.. Me provocava.. Enquanto isso, íamos em direção ao quarto.

Chegando no quarto, ele interrompeu o beijo e começou a tirar a camisa, pedindo que eu tirasse meu vestido... Nunca havia visto ele sem camisa... Sua pele negra era perfeita.. Abdômen, ombro.. Tudo me excitava demais. Fiquei extasiada com aquilo...ele sorriu, e veio em minha direção, me ajudando a me livrar do meu vestido.. Fiquei só de calcinha (meu vestido não permitia que eu usasse soutien!). Ele parou um momento, acariciando meus seios, e depois começou a chupar, primeiro um, depois outro.

O contraste de pele era lindo.. Eu branquinha, ele negro.. Então, num gesto ele me empurrou para a cama, pedindo que eu virasse de costas. Estava com uma calcinha fio dental, e ao me ver, debruçada na cama, com o bumbum pra cima ele gemeu baixinho.. Eu sentia que estava pingando de tão excitada.. Ouvi o barulho do zíper da calça dele e a mesma caindo no chão.. Rapidamente ele se ajoelhou, afastou minha calcinha e sem cerimônia enfiou um dedo dentro de mim.. Não estava esperando isso... Quase fui à loucura... Senti minha buceta latejar no dedo dele.. Ele tirou.. Parou uns segundos, e inesperadamente ele começou a lamber, passando a língua na entrada da buceta, no clitóris, e começou a beijar..

Eu jamais havia sentido aquilo.. Gemi alto e apertei o travesseiro que estava à minha frente.. Minha buceta contraia e até doia de tanta vontade..

Comecei a pedir que ele me fodesse... E mais uma vez ele colocou o dedo.. Quase fui a loucura, mas ele tirou rápido.. Falou que queria que eu gozasse no pau dele.. Então ele levantou, tirou minha calcinha, e começou a passar o pau na minha buceta, depois no meu cuzinho, depois no clitóris, e então começou a entrar devagar...

Apesar de estar extremamente lubrificada, sentia seu pau fazendo pressão na parede da minha buceta, e a uma dor mínima quando a cabeça do pau passou.. Ele era grande..

Sentia ele me abrindo... Ele gemeu alto quando entrou tudo... Disse que minha buceta era muito apertada.. Estava ofegante..

Quando ele tirou e colocou mais uma vez, minha buceta começou a contrair, e ele ficou louco e começou a bombar... Em poucos segundos eu gozei como nunca.. Saiu jatos e ele não aguentou e gozou dentro de mim..

Quando ele tirou, uma boa quantidade de porra escorreu.. E ele mais uma vez enfiou um dedo...

Pediu que eu ficasse nessa posição.. Seu dedo ia mais fundo.. E de repente enfiou um dedo no meu cuzinho.. Fiquei tensa, mas ele pediu que eu tivesse calma e relaxasse.. Só curtisse...

Realmente estava bom.. Demais até.. Agora eram dois dedos na buceta e dois no cuzinho num movimento de vai e vem...

Ele tirou os dedos e pediu que eu virasse..

Eu fiz isso e ele abriu minhas pernas e penetrou novamente, sem dó!!! Começou a meter com força dentro... Eu estava vendo estrelas.. Ele falava palavras desconexas... Dizendo que ia me rasgar, que ia me deixar assada... Me chamando de puta, gostosa...

Quanto mais ele fazia isso, mais eu me aproximava de outro orgasmo...

Agarrei ele pelo ombro e um outro orgasmo incrível veio.. Gritei alto... Estava trêmula.. Ele tirou e gozou mó meu rosto... Nossa!! Só aí que consegui ver ele.... Ele era grande e grosso.. Muito grosso...

Ele se deitou do meu lado e ficamos conversando sobre o que aconteceu... O quanto foi incrível...

Bom, ele tomou um banho rápido e foi pra casa dele, mas há mais aventuras como essa pra contar pra vcs..

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201712881

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter