Vizinha gordinha apertada

Categoria: 

Este será meu primeiro conto eróticos que baseado em um fato verídico que aconteceu na minha vida vou colocar nomes falso para evitar problema...então vamos lá eu moro numa cidade pequena e pacata mudei pra ca recentemente vindo de grande cidade de São Paulo então estranhei um pouco mais e uma cidade boa de se morar estou morando num bairro meio longe do centro da cidade que prefiro não dizer o nome rsrs....vamos ao que interessa eu me chamo Vitor tenho 22 anos e na frente as minha casa morar uma gordinha casada que se chama Deise não sei quantos anos ela tem mais vou jogar uns 42 e a altura deve ter uns 1,63 ela e bem baixinha mais pensa nunca gordinha com uma bunda bem redondinha e bem dura sei que é dura não pq eu fui la e apertei kkkk mais quando ela anda dá pra ver que é bem firme e não para por aí ela tem umas coxas grossa bem roliça é uma boca bem pequena não é carnuda fiquei secando ela com os olhos não da pra não ficar olhando pra ela sempre que eu passava por ela cumprimentava e ela começou a ter amizade com minha mãe como éramos novos na vizinhança ela começou a ir tomar café em casa e eu aproveitava e dava uma secada com os olhos sem ela percebe é claro ela era casada ela estava com uma blusinha e de short meio curto laranja ela na cadeira pra tomar um copo de café cara deu pra ver certinho as coxas grossa dela e brancas ela sentou com as perna meio aberta e eu já foquei na buceta dela nossa cara aquele pacote gostoso já fiquei de pau duro ela ficou ali por uns 30 min e resolveu ir embora eu corri na janela da sala abria um pouco a cortina só pra ela rebolando aquela bunda deliciosa redonda passou se uns dia eu estava em casa tinha acabado de acorda e fui abrir a janela do quarto e quando olho pra rua vejo a vizinha sentada lendo um livro e ela estava numa posição sentada com as pernas pra cima apoiada na arvora dava pra ver aquelas caixas grossas nossa fiquei cheio de tesao fechei a cortina da janela e nela tinha um buraco fiquei olhando ela atrás do buraco meu pau já começou a subir aí não aguentei tirei a cueca e já comecei a bater uma vendo ela se imaginando eu no meio daquelas coxas não demorei muito já acabei gozando e sujei a parede do quarto e tive que limpar correndo pq logo minha mãe ia chegar do trabalho kkk no dia seguinte era sábado minha mãe estava em casa de repente eu escuto uma gozo macia chamando o nome da minha mãe quando olho pela janela pra ver era a vizinha de novo com um shot curtinho branco e uma camiseta cavada ela queria limão e como ela era baixinha não dava pra ela pegar minha mãe mandou eu ajuda - lá e eu fui subi no pé cheio de espinho mais valeu a pena pq eu tinha que jogar os limão na mão dela e via o belo volume dos seus seios nossa que delícia de visão fiquei na hora com o pau duro de bovo e pra descer do pé de limão sem que ela veja que meu pau estava duro fui difícil mais deu tudo certo kkk passei alguns anos desejando ela é vendo ala de longe...mais para mim sorte aconteceu uma coisa boa ela separou do marido e estava sozinha prefiro não dizer o motivo para não ficar tão grande este conto aí ela estava carente sofrendo muito estava sozinha e eu estava vindo da rua chegando perto do meu portão vi que ela estava sentada na área meio triste ela me deu um tchau com a mão e eu fui em direção a ela e sentei perto dela e começamos a conversar e ela falou vamos entrar vou lavar roupa falei vamos e enquanto a máquina batia a roupa a gente vou conversando e eu tive que tomar coragem e beijar aquela boca pequena falei pra ela posso fazer uma coisa vc promete não ficar com raiva de mim ? Ela disse rindo pode eu fui com tudo e mandei um beijo na boca dela e foi muito gostoso meu pau subiu na hora e eu senti ela retribuir aí parei de beijar ela é falei me espera vou lá em casa e já volto só não lembro oque fui fazer demorei um pouco pra voltar na casa dela aí voltei lá e ela tava terminado de estender a roupa no varal e fomos lá pra sala sentamos no sofá e começamos a conversar e falei se ela tinha gostado do beijo que dei ela falou que sim eu disse posso beijar de novo ela riu novamente e falou você que sabe e eu fui cheio de vontade beijei ela de novo e fui ficando excitado de novo o pau estava pulando dentro da cueca e eu meio que fui pra cima dela com o corpo e fiquei alisando o corpo dela cheguei nos seios dela e comecei a passar a mão e eu sentia a respiração dela ficando cada vez mais forte e eu comece a morde o pescoço dela e ela começou a falar para eu não posso eu não aguento aí pensei comigo ela tá gostando e ta se segurando pra não ficar comigo aí fui descendo a mão e comecei a alisar a buceta dela por cima do short mesmo aí ela ficou doida continuou dizendo para eu não aguento não posso e me empurrou falei ok não vou força nada se vc não quer o telefone tocou ela atendeu era minha mãe chamando pra ir embora pensei comigo droga não deu aí me despedi dela e fui embora com a rola super dura....passou se uns 40 min o meu telefone tocou eu atendi imagina quem era no telefone era ela ela com um voz bem safada falou pra mim vc tem coragem de vir aqui de novo ? Falei claro ela falou então vem agora estou te esperando cara sai na disparada kkkk nem falei pra minha mãe onde eu ia entrei na casa dela não vi ela é fui indo em direção ao quarto dela e vejo ela toda nua na cama já pronta me esperando nossa foi a visão mais deliciosa que já tive na vida ela estava lá jogada na cama com a apernas aberta e eu vi aquela buceta deliciosa com um pouco de pelos e eu fui né aproximando já tirando a cueca e o short de uma vez pra não perder tempo e comecei a chupar os bicos dos peitos dela e ela começou a se contorce de tesao e eu fui descendo a mão até na buceta dela e comecei a alisar seu clitóris nossa já estava toda melada não demorou muito ali e já fui subindo em cima dela e só encostei a cabeça do meu pau na buceta dela e falei pra ela posso enfiar ela disse com uma voz vez fogosa pode quero tudo aí dentro nossa foi melhor coisa que eu ouvi foi o mesmo que fizer vai logo manda rola aí fui enfiando devagarinho e ela já comecei a gemer nossa foi incrível pensa numa buceta molhada e apertada fui entrando e abrindo tudo comecei a socar nela e fui aumentar a velocidade e só ouvia o Barulho do molhado plof plof plof aí eu gostava mais ainda é ela já não tava aguentando mais segurar e falou pra mim vou gozar no seu pau não aguento mais segurar eu falei pode gozar quantas vezes vc quiser ela deu uma gemida longa gostosa e eu continuei socando gostoso nela e quem não estava aguentando mais segura já era eu falei pra ela não vou conseguir segurar mais ela falou pode gozar tudo aí dentro meu amor tudinho quero tudo ao dentro de mim e eu gozei saiu um monte que até sujou o lençol da cama da de porra aí cai de lado depois fomos para o banho juntos e voltamos pra cama depois de novo e ela veio com a mão me alisando meu pau e ela já estava duro ela veio e subiu em cima de mim e sentou no meu pau nossa pensa numa sentada gostosa ela ali em cima de mim cavalgando gostoso no meu pau e eu chupando os peitos delas é alisando aquela bunda dura gostosa ela ela mais uma vez falou aiiii viu gozar no seu pau de novo e eu falei gozar gostoso nele mela ele todo com sua goza e ela falou eu vou melar mesmo e gozou bem gostoso aí ela olhou pra mim com um sorriso no rosto e falou pra mim agora que vc me peguei por trás e mete bem gostoso quero sentir vc gozando dentro de mim de novo aí eu peguei ela por trás quando vi aquele batia bundão pensei comigo nossa tomei porre e já fui enfiando o meu pau dentro e socando força não aguentei muito tempo gozei de novo e caímos de lado novamente os dois cansados e satisfeitos....e isso foi oque aconteceu eu fico com ela até hoje ainda eu louco pra faze Amor com ela adoro quando ela me chama pra gente meter eu adoro...

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201802822

Compartilhe com amigos

Copiar Link Whatsapp Twitter